Saiba mais sobre a Toxina Botulínica

Rugas e linhas de expressão

Linha de expressão é o resultado do ?puxar? ou franzir o tecido entre as sombrancelhas formando uma prega. Os sulcos e as pregas são causados pela ação repetitiva dos músculos associados à expressão facial. Anos contraindo os olhos e franzindo a testa tendem a deixar rugas profundas na pele entre as sobrancelhas, na ponte nasal, na testa e em volta dos olhos. Linhas de expressão poduzem um aspecto triste e bravo, além de desmerecerem o rosto de seu dono.

Os dermatologistas são capazes de diminuir essas rugas e linhas de expressão usando uma simples injeção de toxina botulímica.

O que é a toxina botulínica?

É um medicamento.

Como acontece com outros remédios, a toxina é produzida por um microorganismo, uma bactéria e depois isolada e purificada para ser usada na prática médica.

Para que é usada a toxina botulínica?

É usada no tratamento de vários distúrbios médicos.

Na dermatologia e na Cirurgia dermatológica é usada para corrigir rugas de expressão, assimetrias faciais e casos de sudorese excessiva (hiperidrose) nas mãos, pés, axilas, face e região inguinal. Muitas vezes é aplicada também para melhorar o resultado estético de uma cirurgia , mantendo a área operada em repouso enquanto ocorre a recuperação completa.

Como age a toxina botulínica?

A toxina relaxa o músculo onde é aplicada ou promove a redução ou parada na produção de suor nos locais onde for injetada. Desta maneira elimina ou suaviza as rugas de expressão localizadas nas laterais dos olhos (pés de galinha), entre as sobrancelhas, na testa, pescoço, ao redor da boca e na área do decote. Quando aplicada nas axilas ou nas palmas, permite que pacientes portadores de hiperidrose levem uma vida normal sem os inconvenientes e constrangimentos causados pela sudorese excessiva e sem a necessidade de afastamento de suas atividades diárias.

Em que casos de assimetria facial, o cirurgião dermatológico pode utilizar a toxina botulínica?

Pode aplicar a toxina para minimizar assimetrias da face causadas por paralisias, retirada de tumores ou hipertrofias musculares como a do músculo masseter.

Como é feita a aplicação?

Em consultório ou ambulatório médico. Na maioria dos casos não é necessária anestesia, apenas o uso prévio de cremes anestésicos para tornar mais confortável o procedimento.

O tratamento envolve injeções de pequenas quantidades de toxina botulínica nas áreas afetadas, é bem tolerado e demora poucos minutos, sem necessidade de afastamento ou período de recuperação prolongado.

A toxina botulínica inicia o efeito em 3 a 7 dias após o tratamento. A melhora geralmente dura de 3 a 6 meses, antes do término gradual do efeito e da volta da ação muscular ou da sudorese. Antecipa-se que o paciente médio necessitará de reaplicações em intervalos variados.

Há algum efeito colateral?

Os efeitos colaterais são mínimos e geralmente relacionados ao local da injeção. Dores ou uma leve contusão, mesmo sendo incomuns, podem ocorrer ao redor do local da injeção. Maquiagem pode ser usada após o tratamento. Uma dor de cabeça temporária não é incomum após a aplicação na área da testa, especialmente após o primeiro tratamento.

Em raras situações, o paciente pode desenvolver fraqueza temporária dos músculos vizinhos e um abaixamento da sobrancelha ou da pálpebra. Todos estes possíveis efeitos são leves e temporários e na maioria dos casos não limitam significativamente as atividades rotineiras.


É novidade?

Essa substância vem sendo pesquisada e estudada por várias décadas. Os estudos foram iniciados em razão desta (toxina botulínica) ser uma substância que pode ser encontrada em determinados alimentos e levar ao botulismo. O primeiro uso desta sustância de forma terapêutica foi feito por oftalmologistas, para o tratamento de espasmos involuntários da musculatura das pálpebras. O estudo desta toxina no tratamento de rugas iniciou-se há cerca de 10 anos.

É tóxico?

A toxina botulínica é a substância causadora do botulismo, portanto seu uso para fins terapêuticos foi, por muitos anos, prorrogado devido ao medo de que essa forma de utilização também pudesse desencadear a doença. Depois de muito estudo percebeu-se que se essa substância fosse utilizada em pequenas quantidades não haveria chance de desenvolvimento do botulismo, mas sim a possibilidade de correção de alterações relacionadas à contração muscular em determinados locais do corpo.

Para que serve?

Por inibir as contrações musculares, a toxina botulínica está indicada para eliminar ou amenizar temporariamente as rugas em torno dos olhos, os "pés de galinha" e as rugas entre as sobrancelhas. Está indicado para as chamadas rugas dinâmicas ou rugas de expressão que são aquelas que surgem com a movimentação dos músculos da face (sorriso, preocupação, ansiedade...).

Quanto tempo dura?

O efeito do botox inicia-se 48 a 72 horas após a aplicação e tem efeito máximo em 1 semana. A duração é em média de 4 a 6 meses podendo aumentar com sucessivas aplicações. A aplicação poderá ser repetida após o término do efeito.

Como é a aplicação?

A aplicação é feita através do uso de agulhas finas na área a ser corrigida. Deve ser feita por um profissional médico treinado e experiente, no consultório e sem a necessidade de anestesia.
O paciente sente apenas a dor da picada da agulha sendo esta perfeitamente suportável.
Com o paciente assentado ou recostado são feitas três aplicações entre as sobrancelhas e três na parte externa de cada olho (no local correspondente aos "pés de galinha").

Quais são os cuidados?

Após a aplicação o paciente deve permanecer, no mínimo quatro horas, sem manipular os locais das aplicações. Deve evitar massagens e, principalmente, não deitar durante as quatro primeiras horas. Os efeitos são melhores se o paciente movimentar insistentemente os músculos trabalhados, franzindo ou enrugando a testa, as sobrancelhas ou os olhos, também por um período de 4 horas.