Fisiologia

As unhas são lâminas queratinizadas que recobrem a última falange dos dedos, protegendo-os. Outras funções são facilitar a manipulação fina, contribuir com a sensibilidade tátil e permitir o ato de arranhar.

A unha é uma placa retangular dura, formada por quatro camadas: matriz ungueal, lâmina ungueal (corpo da unha), dobras laterais e borda livre. O maior eixo é longitudinal nas unhas das mãos e transversal nas unhas dos pés. Duas pregas laterais demarcam as bordas da unha, e parte visível termina em borda livre, tornando-se branca neste local devido ao contato com o ar.

A espessura das unhas varia de 0,5 a 0,75 mm. As unhas das mãos crescem cerca de 0,1mm por dia, enquanto as dos pés crescem em ritmo mais lento. O crescimento das unhas é maior durante o dia e nas pessoas do sexo masculino, sendo também influenciado por doenças sistêmicas e fatores locais. Dentre os fatores que aceleram o crescimento das unhas estão: obesidade, infância, sexo masculino, mão direita, dedos anular, médio e indicador, verão, hipertireoidismo. Já os fatores que desaceleram esse processo são: Noite, febre, idade avançada, neonatos, sexo feminino, mão esquerda, polegar, dedo mínimo, hálux, inverno, hipotireoidismo, síndrome das unhas amarelas, dano à matriz e doenças infecciosas.